07
Ter, Dez

Sagrada celebra abertura de CFE em dia natalício sacerdotal de Pe. Edson

Região I

No dia em que algumas das principais denominações cristãs do Brasil – entre elas, a Igreja Católica Apostólica Romana – lançaram oficialmente mais uma iniciativa em conjunto, pautada pela justiça social, uma das vozes mais ativas do catolicismo em Marília completou mais um ano de presbitério.

Pela primeira vez em uma Quarta-Feira de Cinzas e a 15ª em 43 anos de vida, o padre Edson de Oliveira Lima, celebrou a abertura da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) na paróquia que preside, a Sagrada Família, na zona norte de Marília.

Coorganizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) – por se tratar de uma iniciativa ecumênica – a CFE deste ano tem como tema “Casa Comum, nossa responsabilidade”.

O lema, “quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5:24), faz alusão a um dos principais motes desta campanha: a ausência dos serviços de saneamento básico no país, que afeta milhões de pessoas.

SACERDOTE DAS RUAS

É justamente pela exigência de direitos, inclusive do abastecimento de água e de outras demandas sociais, que o padre Edson notabilizou-se nos últimos anos pela sua participação ativa, na linha de frente de mobilizações populares na cidade – a ‘Marcha da Cidadania’, por exemplo.

Acostumado com as reivindicações que defende nas ruas e, em particular, com a demora no atendimento de cada uma delas pelo Poder Público, o sacerdote cobrou, mais uma vez, durante sua homilia, uma postura coletiva por um mundo melhor e mais justo.

“Nesses tempos de tanta corrupção, de tanta mentira, de tanto abuso à natureza e aquilo que é comum para todos, com falta d’água e crises energética, institucionais e econômicas, essa casa de todos é responsabilidade de todos nós”, enfatizou.

E complementou: “Eu decidi que 2016 vai ser totalmente adverso a todos os prognósticos que dizem a nosso respeito. Eu decidi. Por minha conta e meu próprio risco que esse ano será feliz. Que venham os obstáculos e as adversidades. Ninguém me parará. É essa confiança que gostaria que experimentássemos neste tempo da Quaresma”.

Não consegue visualizar as fotos abaixo? clique aqui

HOMENAGEM

O padre acostumado à dureza das palavras – quando da necessidade de serem ditas – curvou-se à emoção ao final da celebração. Ele confidenciou ter ficado sensibilizado nos últimos dias pela dura rotina entre hospitais e velórios de paroquianos e agradeceu a todos por sua caminhada sacerdotal.

Pouco antes, o coordenador diocesano da Pastoral da Comunicação (Pascom) e também presidente do Conselho Paroquial de Pastoral (CPP), Fabiano Roberto Álvares, leu uma mensagem na qual a comunidade expressou sua gratidão pelos anos de dedicação. Pe. Edson é pároco na Sagrada Família desde agosto de 2012.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa271