25
Dom, Jul

Clero reflete a relação entre dízimo e evangelização

Clero

Numa reunião on-line, Dom Luiz Antonio Cipolini e os padres da Diocese participam de momento formativo assessorado por Aristides Luis Madureira. O missionário ressaltou a importância das comunidades se edificarem como espaços de comunhão e fé.

Cerca de quarenta e cinco padres, juntamente com o bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, se reuniram na tarde de hoje, dia 10, para um encontro formativo sobre a Pastoral do Dízimo.

A reunião online, assessorada pelo missionário Aristides Luis Madureira que, há mais de trinta anos, desenvolve o tema em arquidioceses e dioceses brasileiras. “Dízimo não é dinheiro, nem taxa, muito menos obrigação; dízimo é uma compreensão da necessidade do convívio e da partilhar. É fazer com que nossas comunidades sejam espaços de comunhão e fé”, explicou o assessor ao clero, ao dizer das transformações da sociedade que são percebidas também no cotidiano paroquial.

Aristides fez uma explanação histórica do sistema de captação de recursos nas comunidades da Igreja no Brasil e, no viés pastoral proposto pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), ressaltou que “a dimensão do dízimo é consequência de um trabalho bem feito de evangelização” que, como organismo vivo eclesial, enquanto pastoral articulada, cuida povo de Deus.

O missionário apresentou a importância da formação dos agentes de pastoral do Dízimo, bem como dos dizimistas, como via eficaz de reordenação da mentalidade correta que se mantenha e se atualize diante das transformações sociais.

Dom Luiz Antonio agradeceu o assessor do encontro que, há pelo menos três décadas, já auxiliou a Diocese na dimensão da evangelização do dízimo: “as sementes de seu trabalho caíram em terra boa! Obrigado, Aristides, pelos frutos que hoje colhemos pelo seu suporte no passado”, disse o bispo.

“Aos poucos, por meio de um planejamento coerente, implantemos juntos, a partir de cada realidade, a autêntica consciência do dízimo”, ressaltou o Pe. Marcos Roberto Cesário da Silva, coordenador diocesano de pastoral, quando, no final do encontro, apresentou ao clero um plano de ações ao longo do ano.

MISSIONÁRIO

Aristides Luis Madureira é diretor da editora ‘A Partilha’. É graduado em Comunicação, em Tecnologia e Processos Gerenciais. Ele é missionário leigo há mais de 20 anos, ajudando a implantar a Pastoral do Dízimo no Brasil. Autor de várias obras, entre elas; “Pastoral da Partilha e Manutenção”, “Partilhando a Vida em Família”, “O Poder da Comunicação no Secretariado Paroquial”, publicados pela Editora ‘A Partilha’.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa267