25
Ter, Jan

Assembleia do clero elege Conselho de Presbíteros para o biênio 2022-2023

Notícias da Diocese

“Ninguém trabalha sozinho!”, observa Dom Luiz Antonio Cipolini durante reunião que ocorreu na Casa Pastoral Dom Osvaldo Giuntini, em Adamantina, e que compôs o grupo que tem o papel de auxiliá-lo na condução dos trabalhos da Diocese de Marília.

Na manhã de ontem, dia 14, os padres da Diocese de Marília estiveram em Adamantina na Casa Pastoral Dom Osvaldo Giuntini para a Assembleia do Clero. Os trabalhos da reunião contaram com a condução do bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, e do chanceler do bispado, Pe. Adeflor Xavier Pereira Junior.

O balancete financeiro da Cúria Diocesana, alguns encaminhamentos do Centro Diocesano de Pastoral (CDP), como o Sínodo 2021-2023, convocado pelo Papa Francisco, figuraram entre os assuntos do encontro que teve como ponto alto a eleição do Conselho de Presbíteros para o biênio 2022-2023.

O grupo de padres, composto por membros indicados pelo bispo e eleitos pelos próprios sacerdotes, tem a missão de auxiliar Dom Luiz na condução da Diocese a fim de promover o bem pastoral do povo de Deus.

Antes das escolhas, o bispo diocesano dirigiu-se aos integrantes do último Conselho que tem vigência até o próximo dia 31 de dezembro. “Diante da pandemia, os senhores me ajudaram nas decisões tomadas, agradeço-os pelo empenho em sempre fazer o melhor!”, disse.

Os novos vigários episcopais, que coordenam os trabalhos nas três regiões pastorais, foram apresentados por Dom Luiz após consultar o clero: para a Região Pastoral I, que compreende as paróquias entre Garça e Quintana, Pe. Anderson Messina Perini, na Região Pastoral II, que engloba as comunidades paroquiais entre Herculândia e Adamantina, o missionário passionista, Pe. Rogério de Lima Mendes, CP, e para a Região Pastoral III, o Pe. Rui Rodrigues da Silva auxiliará nas atividades pastorais entre as cidades de Flórida Paulista e Panorama.

Os padres Marcelo Feltri Ribeiro, Willians Roque de Brito, José Afonso Maniscalco, Wagner Antonio Montoz e André Luiz Martins dos Santos foram, respectivamente, eleitos pelo presbitério mariliense.

Em seguida, os padres José Ribeiro da Silva e José Orandi da Silva aceitaram compor o grupo como designados do bispo. O vigário geral, Pe. Maurício Pereira Sevilha, o coordenador diocesano de pastoral, Pe. Marcos Roberto Cesário da Silva, e o Pe. Luiz Henrique de Araújo, representante dos presbíteros, também integram o Conselho.

“Ninguém trabalha sozinho! O Conselho de Presbíteros exerce um grande bem na vida da Diocese”, finalizou Dom Luiz Antonio ao agradecer os padres conselheiros eleitos e, retomando as palavras de São Paulo Apóstolo, afirmou “que a escolha concorre para o bem daqueles que amam a Deus (cf. Rm 8, 28)”.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa272