25
Ter, Jan

Assembleia aprova Plano de Pastoral, vota prioridade e planeja aniversário da Diocese

Notícias da Diocese

A 44ª edição da Assembleia Diocesana de Pastoral reuniu no domingo, em Osvaldo Cruz, o clero e lideranças pastorais que elegeram a Ação Missionária como pilar para 2022 nas 65 paróquias da Diocese e nas pastorais, movimentos e serviços eclesiais a nível diocesano.

No domingo, dia 5, o clero, religiosos e lideranças pastorais estiveram reunidos em Osvaldo Cruz, na Igreja Matriz de São José, para a realização da 44ª Assembleia Diocesana de Pastoral.

“O que nos une é o Espírito Santo e o amor que temos à Diocese”, ressaltou o bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, durante a celebração eucarística que deu início ao encontro que teve como principal objetivo a aprovação do Plano Diocesano de Pastoral (PDP).

Dom Luiz afirmou que o esforço pastoral é para fazer “com que a Igreja de Jesus aconteça na Região Alta Paulista”. Diante do retorno das atividades nas comunidades e na Diocese, o bispo diocesano concluiu a reflexão com uma motivação a todo povo de Deus: “tenhamos coragem e ousadia para retomar nossos trabalhos com paciência, carinho e cuidado para que a Igreja de Jesus se torne mais viva e que consigamos dizer como o salmista: ‘maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!’”.

 

IMG 5838

 

O fortalecimento da Pastoral da Sobriedade a nível diocesano e a peregrinação dos jovens à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que ocorrerá no ano de 2023 em Lisboa, Portugal, também integraram a pauta da Assembleia Diocesana.

“Gratidão a todos que organizaram a Assembleia e que acolheram o convite de juntos pensarmos a pastoral diocesana. Vamos ouvir o que o Espírito Santo nos inspira! Comungamos nosso Senhor na Santa Missa e, na comunhão, busquemos sempre instaurar uma Igreja Missionária que proporciona o Pão, a Palavra e a Caridade a todos”, afirmou Dom Luiz Antonio.

PRIORIDADE PASTORAL

Com vigência entre os anos de 2022 e 2025, a 44ª edição da Assembleia teve como tema central a apresentação e aprovação do PDP, formulado após consultas às paróquias, pastorais e movimentos diocesanos.

O coordenador diocesano de pastoral, Pe. Marcos Roberto Cesário da Silva, explicou a estrutura do texto, embasada nos 70 anos de criação da Diocese, que ocorrerá no próximo ano, e nos pilares da Palavra, do Pão, da Caridade e da Ação Missionária, motivados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023 (DGAE).

“Queremos impulsionar os trabalhos pastorais de nossa Diocese à luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora e do Magistério eclesial, fazendo memória da nossa história, vivendo o momento presente e olhando para o futuro”, ressaltou o Pe. Marcos.

 

IMG 6236

 

Com a proposta da Assembleia Diocesana de escolher um pilar das DGAE como prioridade por ano, após reflexão e votação, os participantes optaram que em 2022 a ação pastoral conjunta das 65 paróquias será o Pilar da Ação Missionária.

“Conseguimos um diagnóstico social e religioso ao sair em missão e temos que estar convencidos para anunciar”, disse a agente de pastoral, Madalena Furtado Guerreira, do Santuário Sagrado Coração de Jesus, de Vera Cruz, após a escolha missionária para 2022.

Surpreendido com a decisão da Assembleia, o assessor do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), Pe. Willians Roque de Brito, destacou que será uma oportunidade para que todos percebam “que a missão é a espinha transversal que perpassa todas as demais atividades da Igreja” e finalizou dizendo de seu desejo de que “a ação missionária extrapole as ideias e caia na vida e no coração de cada fiel”.

PEREGRINAÇÃO

O encontro eclesial anunciou que os 70 anos da Diocese em 2022 será marcado pela visita missionária das relíquias de Santa Terezinha do Menino Jesus. A peregrinação ocorrerá no segundo semestre do próximo ano em todas as paróquias.

“Revigorar nossa vida de fé vislumbrando tempos melhores com fortalecimento e alegria no serviço a Deus, à Diocese e aos nossos irmãos e irmãs”, explicou o Pe. Guilherme Massoca Baptista aos presentes.

SÍNODO DIOCESANO

A Assembleia Diocesana também refletiu a possibilidade de um Sínodo local em preparação aos 75 anos de criação da Diocese que será celebrado em 2027.

“A articulação do Sínodo visa contribuir com a reestruturação pastoral e aprimoramento de nossa missão evangelizadora”, ressaltou o Pe. Francisco Antônio dos Anjos Andrade, que falou da proposta à Assembleia. Após a apresentar a ideia, a Assembleia aprovou a realização.

 

COnfira algumas fotos:

IMG 5752

IMG 5944

IMG 6100

IMG 6202

IMG 6225

IMG 6210

IMG 6252

IMG 6437

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa272