25
Ter, Jan

Assembleia Eclesial reforça a unidade de um ‘continente cristão, mariano e cada vez mais sinodal’

Brasil e o mundo

Destacou o Cardeal Marc Ouellet, na missa de encerramento, no domingo, 28, do inédito encontro que envolveu toda a Igreja da América Latina e do Caribe

Aos pés da Virgem de Guadalupe, no santuário mariano na Cidade do México, foi encerrada no domingo, 28, a 1a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, com a celebração da Santa Missa, seguida por um momento de consagração a Nossa Senhora.

Desde o dia 21, cerca de cem pessoas presencialmente e outros mil de modo on-line participaram do inédito encontro pedido pelo Papa Francisco para retomar os indicativos e reflexões da Conferência de Aparecida, de 2007, e realizar um discernimento sobre as questões que desafiam a missão evangelizadora da Igreja no continente americano.

A missa de encerramento foi presidida pelo Cardeal Marc Ouellet, Prefeito para a Congregação dos Bispos e Presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina. Ele lembrou que a missa era em ação de graças e gratidão “pela proteção e presença de Maria Santíssima durante a intensa semana de escuta, fraternidade e entusiasmo pela fé que acabamos de viver”.

O Cardeal Ouellet disse na homilia que a missa indicava um sinal profético, “porque a nossa presença aqui hoje testemunha que o anúncio da Virgem mestiça a São Juan Diego continua mais atual do que nunca e produzindo novos frutos de comunhão, participação e missão, de acordo com o caráter sinodal da Igreja”. E complementou: “Um sinal profético é um acontecimento, uma mensagem, um gesto e uma palavra com a qual Deus fala ao coração das mulheres e dos homens do nosso tempo”.

Entre os concelebrantes estiveram Dom Miguel Cabrejos, Presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam); o Cardeal Odilo Scherer, 1o Vice-Presidente do Celam; Cardeal Mario Grech, Secretário do Sínodo dos Bispos; e o Cardeal Jean-Claude Hollerich, Relator Geral do Sínodo dos Bispos.

Um povo chamado à missionariedade

 

ia Eclesial reforca a unidade de um

 

Participantes presenciais da 1a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe
Ainda durante a homilia, o Cardeal Ouellet ressaltou que a 1a Assembleia Eclesial revelou “um despertar da fé no Espírito Santo, que acende o amor por todo o ser humano, sobretudo pelos mais debilitados, vulneráveis e marginalizados”.

O Prefeito da Congregação para os Bispos disse ainda que com a Assembleia, a Igreja volta a “tomar consciência de sua identidade missionária como povo a caminho; como corpo e esposa de Cristo, como povo sacerdotal, portador e mediador do dom do Espírito Santo a todas as nações”. E complementou: “Nossos dias de convivência presencial e digital tem contribuído para forjar ainda mais a unidade de nosso continente cristão, mariano e cada vez mais sinodal”.

Por fim, lembrou que todos os católicos do continente recorrem à Virgem de Guadalupe “com agradecimento, alegria e esperança, pedindo-lhe que seu Filho Divino seja para nós, como é para Ela, nosso tudo, nossa companhia permanente, nosso único Salvador, nosso tesouro como discípulos missionários, membros da Igreja discipular e sinodal”.

(Com informações do Celam)

 

Fonte: Assembleia Eclesial reforça a unidade de um ‘continente cristão, mariano e cada vez mais sinodal’ - Jornal O São Paulo (osaopaulo.org.br)

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa272