11
Ter, Mai

Missa de nomeação do Côn. José Carlos Dias Tóffoli como administrador paroquial da paróquia Santa Cecília de Alvaro de Carvalho

Mensagens do Bispo

Caros padres... Caras Irmãs da misericórdia de Verona. Caros irmãos e irmãs.

A primeira tarefa do padre é anunciar o Evangelho de Deus a todos, pois é pela palavra da salvação que se alimenta a fé no coração dos fiéis, com ela se inicia e cresce a comunidade e se desperta o coração daqueles que não crêem. Desta maneira os padres são devedores de todos, no sentido de terem que partilhar com todos a verdade do Evangelho, da qual desfrutam no Senhor (cf. PO, 4).

Embora sejam devedores a todos os homens, os padres todavia aceitam como confiados a si de modo particular os pobres e mais humildes, aos quais o próprio Senhor se associou e cuja evangelização é dada como sinal da obra messiânica. Com cuidado igualmente peculiar deverão cuidar dos mais jovens e além disso dos esposos e pais, mostrem enfim a maior solicitude para com os doentes, visitando-os e confortando-os no Senhor (cf. PO, 1157).

Acreditar que Jesus é o Cordeiro de Deus implica mudanças radicais na nossa vida pessoal e comunitária. Por isso, nenhum cristão e, principalmente nenhum padre, pode isolada e individualmente, cumprir de maneira satisfatória a sua missão, mas há de unir suas forças às de outros presbíteros, sob a direção dos chefes da Igreja (cf. PO, 1163). Neste sentido, da unidade, gostaria de lembrar o estudo e a concretização do nosso Primeiro Plano Diocesano de Pastoral.

É pois agradável que os Presbíteros presidam de tal forma, não procurando o que é seu, mas o que é de Jesus Cristo, e que unam seus esforços com os fiéis leigos, e no meio deles se comportem a exemplo do Cordeiro que veio para ser servir e não para ser servido, veio para dar sua vida em redenção por muitos.

Ouçam com gosto os leigos e leigas, apreciando fraternalmente seus desejos, reconhecendo sua experiência e competência nos diversos campos da atividade humana. Entreguem com confiança tarefas aos leigos para o serviço da Igreja, deixando-lhes liberdade e possibilidade de agir. É tarefa dos presbíteros harmonizar de tal forma as diversas mentalidades que ninguém se sinta estranho na comunidade dos fiéis (cf. PO, 1170-1171).

Caro Pe. Carlão o que eu desejo é que o Senhor alcance uma unidade de vida, unindo-se a Cristo no conhecimento da vontade do Pai e na doação de si mesmo em favor do rebanho que Lhe é confiado.

Deus o abençoe, como a todos da querida Paróquia de Santa Cecília.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa267