20
Sab, Abr

Irapuru
SANTA GENOVEVA
criada em 01/05/1956

irapuru santagenoveva

Pe. José Ferreira Domingos, Pároco

irapuru

Irapuru - SANTA GENOVEVA - criada em 01/05/1956

Pe. José Ferreira Domingos, Pároco

Praça Santa Genoveva, sn | C.P. 02 | 17880-000 | Irapuru-SP |
(18)3861-1283 | (18)99733-0919 | O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Horário de atendimento da secretaria:
Segunda: 12h às 17h | Terça a sexta: 8h às 17h | Sábado: 8h às 12h

Irapuru
SANTA GENOVEVA
criada em 01/05/1956

irapuru santagenoveva

Pe. José Ferreira Domingos, Pároco

irapuru

Irapuru - SANTA GENOVEVA - criada em 01/05/1956

Pe. José Ferreira Domingos, Pároco

Praça Santa Genoveva, sn | C.P. 02 | 17880-000 | Irapuru-SP |
(18)3861-1283 | (18)99733-0919 | O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Horário de atendimento da secretaria:
Segunda: 12h às 17h | Terça a sexta: 8h às 17h | Sábado: 8h às 12h

Missas

Dia  Horário  Local  Obs 
Quarta  19h30      Matriz   
Domingo      7h30 Capela N. Sra. Rosa Mística  
Domingo 9h Matriz  
Domingo 19h Matriz  

História

A fundação de Irapuru deu-se por volta de 1.944, pela família Junqueira.

Em 1.948, a família Álvaro Leite Ribeiro construiu a igreja matriz, recebendo como padroeira Santa Genoveva, nome que lembrava uma das benfeitoras, chamada Genoveva.

Com o tempo, iniciou-se a Igreja viva na comunidade que se formava através do padre que vinha de Pacaembu, de cujo município Irapuru era distrito.

A chama do cristianismo foi mantida pelos Congregados Marianos e Filhas de Maria através de novenas, procissões, terços e outros trabalhos, como a catequese de crianças.

Irapuru passou a município e logo foi criada a Paróquia em 1/5/1956, por Dom Hugo Bressane de Araújo. No dia 5/7/1956, foi instalada a nova Paróquia e no dia 8/7/1956 foi celebrada a 1.º Missa.

Em 10/8/1956, foi realizado o primeiro recenseamento paroquial, ficando constatado a existência de 380 famílias católicas.

Em setembro de 1956, Pe. Manoel Gonzales, primeiro pároco da comunidade, criou a escola de aperfeiçoamento para menores, tendo como madrinha D. Eloá do Vale Quadros, esposa do governador Jânio Quadros.

No dia 25/11/1956, fundou-se a Sociedade São Vicente de Paulo e em 2/12/1956 implantou-se o Apostolado da Oração.

Em 1964, as missões dos Padres Redentoristas renovaram o fervor da comunidade.

Em 1965, padres irlandeses da Congregação do Espírito Santo assumiram a Paróquia.

No dia 30/11/1986, com grande participação da população, foi inaugurado o Salão Paroquial.

Em 9/5/1993, foi inaugurado o Santuário de Nossa Senhora Rosa Mística, com imagem doada pelo Pe. José Sazami Kumagawa.

No dia 17/09/1995, em nossa comunidade, a jovem Maria de Lourdes Pereira da Silva fez seus votos perpétuos como religiosa na Congregação das Irmãs de São José de Cluny, dando-nos assim a bênção de termos a primeira consagrada da paróquia.

Em 2002, foi construída a ampla e moderna secretaria paroquial e em dezembro deste mesmo ano foi finalizado a construção dos sanitários na praça da matriz.

Em 22/06/2003, ocorreu a bênção de reinauguração do "salãozinho", agora chamado de "Salão Santa Terezinha", após passar por uma significativa reforma.

Em agosto 2003, instalou-se as CEBs - Comunidades Eclesiais de Base -, após fervoroso trabalho missionário com visitas nas casas e celebrações, tanto na cidade como na zona rural. Foram criados os setores missionários e os encontros 1 vez por semana.

No mês de Junho/2004, após a Missa e Bênção da Pedra Fundamental, deu-se início à construção do novo templo-matriz.

No 2.º semestre do ano de 2008 a Capela Nossa Senhora Rosa Mística passou por reforma geral.

Em julho de 2010 a Casa Paroquial foi totalmente reformada e o Salão Santa Terezinha recebeu nova pintura.

Finalmente, no dia 3/01/2011, com a presença de Dom Osvaldo Giuntini e de alguns padres e seminaristas diocesanos, foi inaugurado nosso formoso e imponente templo-matriz. Todos quantos veem nossa igreja ou a visitam, ficam admirados da beleza e bom gosto, dizendo, sem sombras de dúvidas, que nosso templo é um dos mais lindos do país!

Seguem, abaixo, os pastores que se dedicaram e passaram por nossa paróquia:

Pe. Manoel Gonçalves - 27/6/1956;
Pe. Martinho Dostert - 6/2/1958;
Pe. Gabriel Fortier - maio a setembro/1959;
Pe. Tadeu Rogos - 24/1/1960;
Pe. Martinho Dostert - retornou: de setembro/1960 a setembro/1961;
Pe. Alcides Ferreira Leite - 16/9/1961;
Pe. João Valverde - 31/12/1963;
Monsenhor José Milaré Sobrinho - 18/03/1965
Pe. Patrício Dundon - 20/11/1965
Pe. Estevão - 20/12/1965;
Pe. Hugo Prior - 23/7/1966;
Pe. Brian Eyre - permaneceu até janeiro/1971, juntamente com Pe. Hugo Prior;
Entre os anos de 1971 a 1981, fomos atendidos pelos seguintes padres:
Pe. Bernardo;
Pe. Carlos O'Looney;
Pe. Miguel Kane;
Pe. Micheal Feeney;
Pe. Miguel Borro;
Pe. João Kilcrans e
Pe. Mário Revoth;
Depois desta época, tivemos:
Pe. Alfredo Martins - 23/1/1982
Pe. Ricardo Bravi - 5/1/1983
Pe. José Ribeiro da Silva - 2/1/1987;
Pe. Domingos de Jesus, vigário paroquial - 15/3/1997, juntamente com Pe. José Ribeiro da Silva;
Pe. Claudinei de Almeida - 2/2/2000;
Pe. Humberto Jair Dinato - 11/8/2000;
Pe. José Valdir Grisante - 28/1/2001;
Pe. Jacinto Sebastião da Silva - 23/1/2011
Pe. Ângelo José Biffi, administrador paroquial - 6/8/2011 e
Pe. Adriano dos Santos Andrade - 12/2/2012 (atual pároco)
Agradecemos a Deus pelo envio destes seus representantes em nossa comunidade!


A Paróquia Santa Genoveva possui:


1 capela urbana: Nossa Senhora Rosa Mística

3 comunidades rurais: Pureza, Paturizinho e Cafezinho.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa248