24
Seg, Fev

CPP de Tupi Paulista participa de Manhã de Espiritualidade

Região III

espiritualidadecpp2No dia 10 de julho, das 8h às 14h ,o  Conselho Pastoral Paroquial (CPP) da paróquia Nossa Senhora da Glória, de Tupi Paulista, participou de uma Manhã de Espiritualidade no Distrito Oásis, próximo à cidade.

espiritualidadecpp1espiritualidadecpp3espiritualidadecpp4espiritualidadecpp5espiritualidadecpp6espiritualidadecpp7Foi um momento de integração, interiorização e abastecimento dos agentes de pastoral, visando uma maior harmonia e eficácia na evangelização.

Após a acolhida e oração inicial, os agentes refletiram sobre a importância da parada, do silêncio, de descobrir o que Deus quer para a sua Igreja. Orar, ouvir o Senhor, meditar para servir com alegria, sem considerar peso nem obrigação, acolhendo-se mutuamente e respeitando os limites do próximo. Orar para ter maior sensibilidade para os irmãos que estão à margem de nossa Igreja e sociedade. Descobrir a necessidade de sermos terrenos férteis para a Palavra, alegres e fervorosos semeadores do Reino.

Após um momento de deserto e oração pessoal, os agentes meditaram a necessidade e o desafio da vida em comunidade. Uma bela parábola: "O marceneiro e as ferramentas",  ilustrou bem essa diversidade e a necessidade de se caminhar na unidade.

Ao final da manhã tivemos um belo momento de Adoração ao Santíssimo e concluímos nossa manhã de oração colocando tudo sobre o altar na celebração da Eucaristia, na qual contamos com a presença dos padres Valdo, Milton e Manoel.

            Destaques do dia:

  • A bela acolhida da comunidade do Distrito Oásis, que providenciou o espaço, refeições fartas e toda a estrutura necessária para que pudéssemos pensar somente na oração.
  • O envolvimento e seriedade de todos que participaram integralmente na Manhã de Oração.
  • A dedicação de todas as equipes de trabalho: liturgia, ministros, organização.

Foi uma  manhã de oração, integração e abastecimento espiritual. Todos voltaram à missão gratos por terem aproveitado bem essa oportunidade de crescimento.

Pe. Valdo Bartolomeu de Santana
Pároco