15
Qui, Abr

Paróquias e Mosteiro celebram a Imaculada Conceição

Região II

O dia 8 de dezembro foi marcado por comemorações nas comunidades paroquiais de Mariápolis e Parapuã, e também no Mosteiro das Clarissas, cuja Imaculada Conceição é a padroeira.

 

No último dia 8 de dezembro, a Igreja celebra a Imaculada Conceição da Virgem Maria. A data tornou-se oficialmente canônica em 1854 com a definição do Dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora pelo Papa Pio IX. Em torno do território diocesano, as comunidades paroquiais de Mariápolis e Parapuã, além dos Mosteiros das Clarissas, são dedicadas à Imaculada e festejaram a data com comemorações especiais.

As celebrações em Mariápolis tiveram início com um tríduo preparatório que foi concluído com a Missa Solene no dia da Padroeira, às 20h, de modo presencial, respeitando as medida imposta pelos órgãos de Saúde no combate à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Sendo assim, a comemoração ocorreu no Ginásio de Esporte Municipal e foi transmitida pelo Facebook e Instagram da comunidade paroquial, como afirma o pároco, Pe. Jorge Ricardo Cintra, “assim como no dia 8 rogamos, e diariamente fazemos: Virgem Maria Santíssima, cuja concepção foi Imaculada, rogai por nós, que constantemente rogamos a Vós".

Semelhante com o que ocorreu em Mariápolis, as celebrações da Paróquia de Parapuã também tiveram início com um tríduo preparatório. No primeiro dia, o tema “Maria Aquela que Serve”, no segundo “Maria Aquela que Intercede”, no terceiro “Maria Modelo de Seguimento ao Senhor”, sendo finalizadas as festividades com o dia da Padroeira.

Todas as Missas foram realizadas na Matriz, às 19h, de modo presencial e também transmitidas pelas redes sociais, como relatou o pároco, Pe. Marcos Roberto Marques Ortega, “celebrar a festa da padroeira neste ano de 2020 foi sim uma experiência diferente, de todas as que já realizei nesses meus 18 anos de padre. Todos os cuidados com a pandemia para não haver aglomeração, fizeram com que nós reduzíssemos as festividades apenas com as celebrações eucarísticas. Com o recurso das mídias sociais conseguimos levar a celebração até aqueles que não puderam estar presente. Este também é meu primeiro ano na comunidade, logo são dois desafios: comunidade nova e pandemia. Este tempo de isolamento, está permitindo que nossas manifestações de fé; missas, festas de padroeiro, e o trabalho de evangelização, sejam revistos e adaptados, e esta mudança ‘forçada’ está nos ajudando a buscar novos caminhos, obrigando a nos reinventarmos”.

 

IMG 3741

O dia de Maria Imaculada no Mosteiro das Clarissas começou logo no início da manhã com a Santa Missa em honra da padroeira, às 7h, presidida pelo bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini. No período da tarde, as religiosas rezaram um terço e, à noite, elas tiveram um momento de entretenimento com a apresentação de um teatro, seguido de confraternização.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa266