17
Ter, Set
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Guia Pastoral Diocesano 2019
Clique aqui para baixar

Comissão de Comunicação se reúne para definir Encontro Estadual e anuncia novo bispo referencial

Pastoral da Comunicação

Na última sexta-feira, dia 23, os membros da Comissão da Pastoral da Comunicação (Pascom) do Regional Sul 1 da CNBB se encontraram em Caraguatatuba (SP) para a preparação do 24° Encontro Estadual que ocorrerá entre os dias 8 e 10 de novembro.

Com a presença de coordenadores das sub-regiões pastorais e de padres assessores, a reunião foi realizada na Colônia de Férias da Associação dos Oficiais de Justiça do Estado de São Paulo, onde acontecerá o evento dos comunicadores.

ComissodeComunicao2

A 24° edição do encontro sediado no litoral norte do Estado desenvolverá como tema central a gestão de crise pastoral e institucional e, dentre os assessores, contará com o jornalista Moisés Sbardelotto, doutor em comunicação, e um dos maiores nomes em pesquisa e em consultoria de instituições religiosas no Brasil.

“O Encontro Estadual dos agentes da Pascom é fundamental para favorecer os eixos da formação e articulação. O tema a ser tratado este ano é importante para todas as equipes, pois vivemos um período intenso de crises em muitos âmbitos da sociedade, inclusive da Igreja que sofre com forte ataques e perseguições", afirmou o Pe Marcos Vinicius Clementino, coordenador da Pascom no Regional.

BISPO REFERENCIAL

A reunião da Comissão estadual também foi marcada pelo anúncio do novo bispo referencial para a comunicação no Regional Sul 1.

No próximo quadriênio (2019-2023), o bispo diocesano de Bragança Paulista, Dom Sérgio Aparecido Colombro, integra a equipe e passa a acompanhá-la, dirigindo-a espiritualmente.

"Com alegria e com o desejo de servir farei parte da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Social. Como nos lembra o Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, nosso trabalho será o de compreender a comunicação como um processo social a serviço das relações entre homens e mulheres, favorecendo a comunhão e a cooperação entre as pessoas", disse o novo bispo referencial ao falar de sua missão à frente da Comissão, e concluiu: "temos um longo caminho a percorrer".