18
Qua, Set
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Guia Pastoral Diocesano 2019
Clique aqui para baixar

Dom Darci e Pe. Spadaro encerram o encontro da Pascom

Pastoral da Comunicação

encontronacionalpascom capa4diaA conclusão do 4º Encontro Nacional da Pascom e 2º Seminário de Jovens Comunicadores contou com incentivos de Dom Darci e Pe. Spadaro e foi marcada por grupos de partilhas que motivaram a propagação do conteúdo desenvolvido no evento.

O último dia do 4º Encontro Nacional da Pascom e 2º Seminário de Jovens comunicadores começou com a celebração Eucarística presidida por Dom Dimas Lara Barbosa, Arcebispo de Campo Grande e presidente da comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNNB, que em sua homilia reafirmou todas as reflexões desenvolvidas durante o evento. Dom Dimas lembrou aos comunicadores que a vocação central é proclamar, com gestos e palavras, a Boa Nova de Jesus nos meios de comunicação e nas redes digitais.

Após a Missa, grupos de partilhas e encaminhamentos foram organizados por Regionais. Os membros da Diocese de Marília, juntamente com os integrantes da Diocese de Lins, participaram do momento representando o sub-regional de Botucatu. "Esta partilha foi importante para a nossa equipe, pois conhecemos as realidades de outras dioceses e, assim, criamos vínculos para compartilhar experiências de atuação enquanto Pascom", disse o coordenador diocesano da Pascom de Marília, Fabiano Alvares.

Com a realização dos encaminhamentos dos regionais, Dom Darci José Nicioli, Bispo Auxiliar de Aparecida, motivou os comunicadores a multiplicarem, em suas realidades diocesanas, os desafios e possibilidades refletidas durante o encontro e, com testemunho cristão, levar a todos a alegria do Evangelho, pois ninguém comunica aquilo que não tem, por isso, "o agente da Pascom deve ser uma pessoa de oração e, com o trabalho pastoral, se tornar um missionário de Jesus Cristo".

Padre Spadaro seguiu dizendo que a mentalidade dos membros da Pascom deve se ampliar com todo o conteúdo refletido no encontro para que a ação pastoral seja, de fato, missionária e, por conseguinte, apostólica. "A comunicação não é um setor da pastoral, mas é toda a ação evangelizadora da Igreja", concluiu o jesuíta. Para o membro da equipe diocesana, Bruno Castro, é por meio de um testemunho autêntico que os comunicadores poderão executar a missão a eles confiada.

Antes do encerramento do evento, os comunicadores assumiram o compromisso de propagarem o conteúdo absorvido em suas realidades pastorais. A Pastoral da Comunicação nacional foi consagrada a Nossa Senhora Aparecida e, por fim, os discípulos missionários da comunicação foram enviados para atuarem em suas realidades diocesanas e paroquiais.