26
Seg, Ago
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Guia Pastoral Diocesano 2019
Clique aqui para baixar

Seminarista Cláudio será o primeiro a ser ordenado na diocese em 2012

Seminaristas

Claudio_2O seminarista Cláudio dos Santos será o primeiro a ser ordenado por Dom Osvaldo Giuntini, Bispo Diocesano de Marília, no ano de 2012. Sua ordenação diaconal está marcada para o dia 7 de janeiro no Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Vera Cruz, às 19h30.

 Cláudio, assim como os seminaristas Júlio e Luiz Henrique, que serão ordenados no dia 16 de dezembro, concluiu os dois cursos universitários exigidos pelo Direito Canônico, a saber: Filosofia e Teologia.

O convite da ordenação diaconal pode ser acessado clicando neste link.

Abaixo, confira o histórico de Cláudio:

Claudio dos Santos, nasceu em 16 de dezembro de 1975 em Vera Cruz. É o sexto filho do casal José dos Santos e Ilícia Pereira dos Santos, sendo irmãos Amarildo dos Santos, José dos Santos Filho (in memoriam), Ricardo dos Santos, Sérgio dos Santos e Maurílio Aparecido dos Santos.

Foi batizado pelo monsenhor Florentino Santamaria em 1976. A Primeira Comunhão deu-se em 1996. Recebeu de Dom Osvaldo o Sacramento da Crisma em 1999.

Antes de ingressar no seminário, trabalhou como pintor.

Começou a atuar das atividades pastorais do Santuário quando fez sua Primeira Comunhão, em 1996, participando do grupo de jovens. Sentiu o chamado ao ministério sacerdotal a partir de 1997.

“Mesmo sentindo o chamado, nunca havia pensado em ser padre e sim em casar e ter filhos, mas Deus foi me mudando aos poucos esse pensamento e quando percebi, eu já estava prestando atenção no que o padre falava na missa e a reparar nas vestes sacerdotais. Mas mesmo assim não era isso que eu queria, eu tentava esconder esse sentimento que Deus fazia brotar em meu coração. Fui escondendo esse sentimento por muito tempo em 1998 comecei o acompanhamento vocacional. Em 2000 ingressei no seminário propedêutico São Pio X em Marília. Fiquei no seminário por dois meses e saí, achando que essa não era a minha vocação. Continuei participando da igreja e  mesmo assim sentia o chamado cada vez mais forte em mim. Resolvi fazer acompanhamento novamente em 2002 e em fevereiro de 2003 ingressei novamente no seminário propedêutico São Pio X, em Marília”, disse Cláudio.

Residiu nos seguintes seminários:

  • São Pio X - Marília (2003);
  • Seminário Provincial Sagrado Coração de Jesus – Marília (2004 – 2006);
  • Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos - Marília (2007 – 2010).

Foi admitido as ordens Sacras em Março de 2007, na residência episcopal. Recebeu os ministérios de Acólito e Leitor em agosto de 2008, na Catedral de São Bento em Marília.

“Para mim, o fato marcante na filosofia foi o contato com os seminaristas da província vindo de várias dioceses como: Assis, Araçatuba, Bauru, Botucatu, Lins, Marília e Presidente Prudente. E também os estudos filosóficos, que foram intensos e desafiadores”, relatou o seminarista. “A teologia foi mais tranqüila, pois já sabia bem o que queria para a minha vida. Minhas expectativas para o diaconato são as melhores possíveis: pretendo fazer acima de tudo a vontade de Deus e não minha vontade, ser obediente ao bispo e à Igreja e poder realizar um bom ministério diaconal”, completou.

Atuação pastoral

Durante o período de formação realizou estágio pastoral nas seguintes paróquias:

  • Nossa Senhora Aparecida - Oriente (2004)
  • Nossa Senhora Auxiliadora - Tupã (2005-2006)
  • São Pedro Apóstolo - Garça (2007-2008)
  • Santa Cecília - Monte Castelo e São João Batista - São João do Pau d’Alho (2009)
  • Sant’Ana de Herculândia (2010)
  • São Pedro de Garça (1º sementre de 2011)
  • Atualmente exerce a pastoral no Santuário Nossa Senhora da Glória - Marília.

Formação Acadêmica

  • Cursou o ensino Fundamental na Escola Estadual Clemente Ferreira – Vera Cruz;
  • Cursou o ensino médio na Escola Estadual Dirce Belluzzo de Campos – Vera Cruz;
  • Bacharel em Filosofia pela Faculdade João Paulo II – Marilia;
  • Bacharel em Teologia pela Faculdade João Paulo II – Marilia.