24
Sab, Ago
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Guia Pastoral Diocesano 2019
Clique aqui para baixar

Padre Claudinei será enviado em missão para a Diocese de Coari (AM)

Clero

O sacerdote exercerá o ministério na comunidade paroquial de São Sebastião, em Caapiranga (AM). O envio missionário é fruto do acordo de Igrejas-Irmãs firmado pelos dois bispos diocesanos.

No próximo dia 18 de janeiro, o Pe. Claudinei de Almeida Lima parte em missão para a Diocese de Coari (AM), no coração da Amazônia. O sacerdote atuará na Paróquia São Sebastião, em Caapiranga (AM). O município fica a 231 km de distância da sede diocesana, Coari, e 134 km de Manaus, a capital do Estado do Amazonas.

Para o sacerdote, seu envio foi motivo de alegria e disponibilidade: “quando conversei com o Dom Luiz, nosso bispo diocesano, o meu sentimento foi de muita felicidade por ter a oportunidade de servir outras pessoas e comunidades”, disse. No início de 2018, ele integrou o grupo de 10 missionários da Diocese de Marília que estiveram nas cidades que compõem a Diocese de Coari para uma experiência missionária.

A missa de envio do Pe. Claudinei acontecerá em Bastos, sua cidade de origem, no próximo dia 13 de janeiro, na Igreja Matriz de São Francisco Xavier, às 19h.

IGREJAS-IRMÃS
O envio missionário do Pe. Claudinei acontece por ocasião do acordo de Igrejas-Irmãs firmado entre Dom Luiz Antonio Cipolini, bispo diocesano de Marília, e o bispo de Coari, Dom Marcos Piatek, após a motivação do Secretário-Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Leonardo Steiner, quando pregou o retiro do clero de Marília, em 2016, e sugeriu “que tivéssemos uma Igreja-Irmã na Amazônia”, lembrou Dom Luiz Antonio.

A Igreja-Irmã da Diocese de Marília tem a extensão territorial de 117.235 m2 e, atualmente, conta com 10 paróquias, 15 padres diocesanos e 5 padres religiosos.

CONTATO
Além da experiência missionária de padres e agentes de pastoral de Marília na Diocese de Coari que ocorreu no ano passado, em 2017, o bispo diocesano de Marília esteve na Amazônia para pregar o retiro do clero coariense e ter um primeiro contato com a realidade. Em 2016, o bispo diocesano de Coari conduziu, em Adamantina, a atualização anual do clero e, na ocasião, conheceu os seminários e algumas comunidades paroquiais da Diocese de Marília.