27
Ter, Out

“Todos nós somos chamados por Deus para uma missão, e descobrir este chamado seja no matrimônio, vida religiosa, leigos consagrados ou ministério ordenado, tem a importância da realização da vontade de Deus e a alegria em servir ao Senhor”, destacou o reitor do Seminário Propedêutico.

Com membros de diversas cidades, com dedicação home-office, equipe de elaboração do texto natalino vive experiência de Igreja doméstica. “Nosso compromisso é de entregar, no final do ano, um subsídio que leve as pessoas a se preparar para acolher o Menino Jesus que vem ao nosso encontro para nos dar esperança”, frisou o Pe. Marcos Maciel.

Como resposta ao Ano Vocacional Diocesano, convocado por Dom Luiz Antonio Cipolini, os seminaristas diocesanos iniciaram, na última semana, uma Página na rede social Facebook para o Seminário Diocesano Rainha dos Apóstolos. A ação é uma das iniciativas que os futuros padres estão envolvidos para promover uma conscientização vocacional.

Com essa Página vem a ideia de uma maior divulgação do cotidiano do seminário junto à família diocesana, para que todo o povo de Deus possa acompanhar os trabalhos dos seminaristas, bem como promover a cultura vocacional por meio de vídeos, artigos e postagens que farão parte dessa iniciativa.

Junto à Página foi lançado um "tema", para que todos possam colocar em sua foto de perfil, de forma que contribuirá com a divulgação do Ano Vocacional Diocesano.

O primeiro evento diocesano no ano de 2020 está agendado para 16 de fevereiro e ocorre- rá na Comunidade Nossa Senhora Rosa Mística, em Osvaldo Cruz. Na ocasião, será realizado o 37o Encontro Diocesano de Assessores e Agentes de Pastoral da Diocese de Marília.

Segundo o coordenador diocesano de pastoral, Pe. Marcos Roberto Cesário da Silva, este encontro é o que motiva a ação pastoral da Diocese no decorrer do ano. “Ela vai nos ajudar e nortear a atua- lização do Plano Diocesano de Pastoral (PDP), que terá vigência até o final do ano de 2020”, informou.

A reflexão deste ano será em torno das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) 2019-2023. “O subsídio trabalha uma fi- gura de linguagem muito bonita, que é a casa, como ponto de chegada e também de partida. A casa que acolhe, evangeliza e envia em missão”, lembrou o coordenador de pastoral.

De acordo com ele, a partir do PDP, que trabalhou até agora as cinco urgências, fruto das diretrizes anteriores, será refletido sobre como adequar a evange- lização no território diocesano, a partir das novas diretrizes, tendo como base a figura da casa, e os quatro pilares, que são Pão, Palavra, Ação Missionária e Caridade. “Esses pilares que vão nos ajudar a compreender a ação evangelizadora na Diocese pelos próximos anos”, complementou o Pe. Marcos.

Quem é convocado a participar do encontro é o coordenador de pastoral da paróquia e, juntamente com ele, mais quatro agentes de pastoral, que devem estar inseridos na vida da comunidade. Também foram convidados os membros do Conselho Diocesano de Pastoral.

“Tanto o coordenador do Conselho Paroquial de Pastoral (CPP) quanto os membros do Conselho têm a missão de motivar a ação pastoral na Diocese. Com base nas reflexão desses participantes, é que será possível atualizar o PDP”, finalizou o coordenador diocesano de pastoral.

Pagina 1 de 6
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa263