10
Seg, Ago

Mais de 300 sacerdotes com Covid-19 no Brasil. Óbitos chegam a 21, revela CNP

Brasil e o mundo

O boletim divulgado pela Comissão Nacional de Presbíteros revela que 347 sacerdotes diocesanos estão com a Covid-19 no Brasil. Os óbitos até agora foram 21.

O site da CNBB informou que o boletim divulgado na terça-feira, 28, pela Comissão Nacional de Presbíteros (CNP), vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), registra 347 sacerdotes diocesanos contaminados com o novo coronavírus, sendo 21 mortes provocadas por complicações da Covid-19. Os dados foram consolidados com base em consulta aos 18 regionais da CNBB.

Na tabela, é possível constatar que o regional Norte 2 da CNBB, que abrange os Estados do Pará e Amapá, é o que mais contabiliza infecções de padres por Covid (58) e mortes (06). Em segundo lugar, por número de infectados, está o regional Nordeste 2 que abrange os Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Foram contabilizados (57) infectados e (03) mortes.

O regional Sul 1, que abrange o Estado de São Paulo, ocupa o terceiro lugar em número de infectados (38); já o número de mortes corresponde a (01) caso.

Já o Estado do Ceará, correspondente ao regional Nordeste 1, está no quarto lugar da lista com relação ao número de infectados (37); já o número de mortes corresponde a (04) casos. Ocupando o quinto lugar estão os Estados da Bahia e Sergipe, correspondentes ao regional Nordeste 3. São (20) padres infectados, e nenhuma morte registrada.

Dos 18 regionais da Conferência, apenas no regional Oeste 1, Mato Grosso do Sul, não há registro de padre infectado por covid-19.

Bispos

A Comissão Nacional de Presbíteros também incluiu em seu relatório o recente número de bispos que testaram positivo para a Covid-19. Os dados já haviam sido confirmados pela CNBB, no dia 20 de julho. Nove bispos testaram positivo para a Covid-19 e dois óbitos foram registrados.

Arquidiocese de Brasília

"Rezemos por todos os padres e bispos que estão participando do sofrimento de tantos irmãs e irmãs do mundo inteiro por ocasião desta pandemia. Rendamos também graças a Deus aos que foram curados", foi o pedido feito no site da Arquidiocese de Brasília, que em 22 de julho havia comunicado o falecimento do padre João da Silva, da Arquidiocese de Brasília, no hospital em Antoninho da Rocha Marmo em S. José dos Campos, devido a complicações ocasionadas pela Covid 19. Natural de Oswaldo Cruz/SP, iria completar em novembro, 21 de ordenação sacerdotal.

Ele foi vigário na Nossa Senhora da Esperança – Asa Norte em 2000; vigário Nossa Senhora da Assunção – Águas claras em 2004; vigário na Imácula Conceição – Sobradinho em /2007; Pároco na São Miguel Arcanjo do Riacho Fundo I em 2009 e vigário na paróquia são Pedro e são Paulo M Norte em 2019.

Formado no Seminário Missionário Arquidiocesano Redemptoris Mater de Brasília no ano de 1999, Pe. João da Silva esteve em missão em Belém (PA), Porto Alegre (RS). Devido a dificuldades geradas pela diabetes e problemas pulmonares, Pe. João foi para Campos do Jordão – SP, para cuidar da saúde ao qual esteve hospedado em uma casa religiosa.

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2020-07/brasil-300-sacerdotes-covid-19-comissao-nacional-presbiteros.html

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa260