24
Seg, Jun

Arnaldo Carvalheiro é ordenado bispo

Sul 1 e Sub-Região de Botucatu

Uma belíssima celebração presidida por Dom Sérgio Krzywy , ordenou na tarde deste domingo (17), Monsenhor Arnaldo Carvalheiro Neto bispo Coadjutor da Diocese de Itapeva.

A Ordenação Episcopal contou com a participação de Dom José Moreira de Melo, bispo de Itapeva e Dom Irineu Danelon, bispo Emérito de Lins como co-ordenantes.

Vários bispos e sacerdotes também participaram da celebração realizada na igreja de Nossa Senhora Auxiliadora, no Campus da UniSalesiano, em Araçatuba.

Centenas de fiéis da diocese de Itapeva prestigiaram a celebração e foram privilegiados ao receberem a primeira benção de Dom Arnaldo ao término da cerimônia.

Entusiasmado, Dom Arnaldo chega à Diocese de Itapeva nesta semana onde espera ser acolhido calorosamente pelos fiéis devotos de Sant’Ana.

A acolhida acontece neste domingo (24) às 10h na Catedral Diocesana. Os fiéis poderão acompanhar toda a acolhida e a Missa Solene ao Vivo pela WEB TV Catedral, pelo site www.dioceseitapeva.com.br/aovivo.

DOM ARNALDO

Arnaldo Carvalheiro Neto trabalhou durante sete anos no Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos. “Foi uma grande surpresa porque, de fato, eu não esperava a indicação para o episcopado”, relata o sacerdote.

Na manhã do dia 04 de maio, o Papa Francisco nomeou o padre Arnaldo Carvalheiro Neto como bispo coadjutor da diocese de Itapeva (SP). A notícia foi divulgada nas primeiras horas da quarta-feira no site oficial do Vaticano.

Entre 2008 e 2014, Carvalheiro atuou como diretor espiritual do Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos (Itra), de Marília. Durante estes anos, seu trabalho foi o de acompanhar os candidatos ao sacerdócio da Província Eclesiástica de Botucatu que residem na casa de formação (seminaristas das dioceses de Araçatuba, Assis, Bauru, Botucatu, Marília e Presidente Prudente).

Atualmente, era pároco da Paróquia São Pedro Apóstolo, de Gabriel Monteiro (SP). No ofício episcopal, como coadjutor, sua função será a de ajudar o bispo de Itapeva, dom José Moreira de Melo e, em caso de necessidade, substituí-lo imediatamente.

Sobre a nomeação, Carvalheiro diz ter ficado assustado com a ligação do Núncio Apostólico (bispo representante do Papa no país), pelo peso da responsabilidade. “Foi uma grande surpresa porque, de fato, eu não esperava a indicação para o episcopado. Num primeiro momento, pedi ao Núncio um tempo maior de discernimento e, com muita oração, deixei cair minhas resistências e senti uma grande paz”.

O futuro bispo explicou que, do primeiro contato feito pela Nunciatura Apostólica até a divulgação da notícia, muitos sinais confirmaram sua nomeação: “Deus foi muito generoso comigo. Foi um tempo de muita luta interna, mas também de muita alegria”.

“A vocação de todos os batizados é servir a Deus. Que todos nós tenhamos a mesma disposição de Maria para servirmos com alegria e, confiando em Jesus, dar o nosso sim. Ele (Deus) nos fortalece e nos concede todas as graças que necessitamos para nos dedicarmos à missão confiada. Vale a pena responder sim”, concluiu.

Dom Arnaldo é natural da capital paulista. Possui graduação em Filosofia e em Teologia com mestrado na área de Pastoral Couseling pela Loyola University, de Chicago, nos Estados Unidos. O futuro bispo tem especialização em Direção Espiritual pelo Institute for Spiritual Leadership, também de Chicago, e em Capelania Hospitalar pela Mater Misericordie Hospital, de Dublin, na Irlanda.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

edicao250