19
Dom, Set

Nesta segunda-feira, o Poder Legislativo no Brasil recorda os 100 anos de nascimento do cardeal Paulo Evaristo Arns (1921-2016) com sessões especiais em homenagem ao prelado que foi arcebispo de São Paulo entre 1970 e 1996. O bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, participou nesta manhã, de um evento promovido virtualmente pelo Senado e, na parte da tarde, falará à Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados sobre o centenário de dom Paulo.

Neste ano em que se celebra os 50 anos (1971-2021) da dedicação de setembro como o Mês da Bíblia na Igreja no Brasil, cujo tema é a Carta de São Paulo aos Gálatas e o lema “Pois todos vós sois UM só em Cristo Jesus, o portal da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) tem publicado experiências que marcam a presença da Palavra de Deus na vida e na pastoral.

A Secretaria Geral do Sínodo divulgou, na última semana, o documento preparatório e o Vade-mécum da Assembleia sinodal de 2023, cujo tema é “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. Para auxiliar no processo de consulta em vista do sínodo, que terá uma caminhada especial no âmbito das igrejas particulares, esses dois documentos foram concebidos para serem utilizados de forma complementar e conjunta.

Amanhã, terça-feira, 14/09, às 10h, será lançada, no Brasil, a V Jornada Mundial dos Pobres (JMP). O evento poderá ser acompanhado pelas redes sociais da CNBB (Facebook e canal do Youtube) e das organizações parceiras. Trata-se da 5ª edição da jornada instituída pelo Papa Francisco em 20 de novembro de 2016, na conclusão do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia.

O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo divulgou nesta sexta-feira, 3 de setembro, um vídeo por ocasião do próximo Dia da Pátria, 7 de setembro. De acordo com o presidente da CNBB, a data deve inspirar em cada brasileiro o reconhecimento de que todos são irmãos, inclusive daqueles com quem não se concorda.

A Comissão Nacional de Animação, no Brasil, do processo da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe começou a divulgar, nesta segunda-feira, 23 de agosto, vídeos nos quais membros da Igreja no Brasil falam sobre o processo de escuta no país. O bispo-auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado foi um deles. Ele também integra a Comissão Nacional de Animação da Assembleia.

Em 2023 será realizado a 16ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. O tema da sinodalidade propõe a todo povo de Deus refletir sobre a forma se compreender como Igreja. A participação e o caminhar juntos indicam a compartilhada missão evangelizadora que cada batizado deve assumir. O Papa Francisco tem afirmado que o “caminho da sinodalidade é o caminho que Deus espera da Igreja do Terceiro Milênio”.

O sínodo diz respeito aos bispos, no seu serviço de presidir as Igrejas particulares mas implica os demais sujeitos eclesiais, de modo a valorizar a participação de todo o Povo de Deus, numa dinâmica participativa que promove a corresponsabilidade de todos e valoriza os carismas do povo de Deus.

Sete organizações eclesiais da América Latina e do Caribe somaram esforços em torno da emergência e da crise no Haiti, após o país sofrer novamente com um terremoto. São mais de 2.180 mortos e pelo menos 12.200 feridos. O convite é que as pessoas integrem a campanha “Juntos por Haití” (Juntos pelo Haiti) com “generosidade, criatividade e audácia”. O grupo de organizações deseja “desenvolver ações pastorais conjuntas para responder à emergência atual”. Tais iniciativas devem ser dirigidas “à reconstrução do tecido social, para colocar adiante ações humanitárias para o cuidado da vida, e a apoiar a missão evangelizadora da Igreja haitiana”.

A Cáritas Brasileira, em aliança com a Cáritas Equador, desenvolveu a plataforma “MigraSegura”, com o objetivo de que venezuelanos e venezuelanas em situação de migração possam acessar informações seguras e confiáveis ​​sobre os países de acolhida. O projeto é financiado pelo JuntosEsMejor Challenge, de USAID e do Banco Interamericano de Desenvolvimento, com o apoio da CRS.

Com a instituição do Ministério laical de catequista pelo Papa Francisco, a Edições CNBB oferece gratuitamente o curso: “Vocação e Missão do Catequista: por que um ministério?”. A formação on-line será nos dias 18, 19 e 20 de agosto, sempre às 20h, com transmissão pelas redes sociais. Para aqueles que desejarem certificado, é necessário se inscrever.

Francisco disse na sua alocução no dia da Solenidade da Assunção que "Maria, em sua pequenez, conquista os céus primeiro. O segredo de seu sucesso está precisamente em se reconhecer pequena e necessitada". Com Deus, somente aqueles que se reconhecem como nada são capazes de receber tudo.

Papa o Papa Francisco, "com o esporte é possível construir a "cultura do encontro", a realização de uma civilização onde reine a solidariedade, fundada no reconhecimento de que todos são membros de uma única família humana, independentemente das diferenças de cultura, cor da pele ou religião. E a exemplo de Francisco, todos os papas da era moderna foram unânimes ao reconhecerem que as Olimpíadas são um importante veículo de paz e de fraternidade".

A 12ª Edição do Mutirão de Comunicação teve início na tarde desta sexta-feira, 23 de julho, com a abertura da sala de início da transmissão às 16h45. O evento é promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com realização da Pascom Brasil, Signis Brasil e Rede Católica de Rádios e patrocínio da Agência Parábola, CiaTicket, Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos, Magnificat e apoio da Lumina Viagens e Turismo, PUC Minas e arquidiocese de Belo Horizonte.

Um trabalho que exige paciência e ternura, disse Francisco, sobretudo com os desafios impostos pela pandemia. Numa mensagem em vídeo que abriu os trabalhos do Fórum “Em que ponto estamos com a Amoris laetitia?” para cerca de 350 pessoas do mundo inteiro, o Papa falou da corresponsabilidade de Igrejas e cônjuges para disseminar o amor de Deus nos lares, cooperando “de forma fecunda no cuidado e na proteção das ‘Igrejas domésticas’” que irão “construir as famílias do amanhã”.

“Todos os homens e mulheres devem cultivar a solidariedade uns para com os outros porque em Jesus estamos interligados”, enfatiza Dom José Reginaldo Andrietta ao convidar todo o Regional Sul 1 à ação eclesial que tem o objetivo de encorajar o povo fiel e a sociedade civil para a reflexão e ação diante dos fatores que afetam a realidade

A segunda conferência do encontro on-line tratou a animação bíblica da pastoral nas comunidades eclesiais missionárias pelo padre diretor da Faculdade de Teologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Dom Milton Kenan Júnior ressaltou que a Sagrada Escritura “é um dos eixos centrais de todo processo de iniciação à vida cristã”.

”Tudo no ser humano é “binário”: o nosso corpo é simétrico, temos dois braços, dois olhos, duas mãos. Assim, também o trabalho e a oração são complementares. A oração, que é o “respiro” de tudo, continua sendo o pano de fundo vital do trabalho, até nos momentos em que não é explícita”, disse o Papa em sua catequese.

Foi publicado nesta terça-feira (11) o Motu proprio "Antiquum ministerium" com o qual Francisco institui o ministério de catequista: uma necessidade urgente para a evangelização no mundo contemporâneo, a ser realizada sob forma secular, sem cair na clericalização

No domingo da Ascensão do Senhor, 16 de maio, comunicadores de todo o Brasil poderão celebrar o Dia Mundial das Comunicações por meio da transmissão de duas celebrações eucarísticas, em sua intenção, direto do Santuário Basílica de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté (MG).

A primeira celebração será presidida pelo bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG), dom Joaquim Giovani Mol, às 8h, com transmissão pelas emissoras de inspiração católica Século 21, Rede Vida, TV Horizonte, Pai Eterno e TV Nazaré.

A segunda celebração será presidida pelo arcebispo de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, às 15h, com transmissão pela TV Horizonte, TV Evangelizar, TV Imaculada, TV Aparecida, Canção Nova, TV Nazaré e Web Bom Jesus. Ambas as celebrações terão transmissão pelas redes sociais da CNBB (Facebook e Youtube) e da Pascom Brasil e por rádios católicas.

As duas celebrações eucarísticas estão inseridas na Semana da Comunicação, da Pascom Brasil, para celebrar o 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais. A programação ocorrerá de 10 a 16 de maio, com três lives inspiradas na mensagem do Papa Francisco para este ano: “Vinde ver! (Jo 1,46) Comunicar encontrando as pessoas como e onde estão”. As lives serão transmitidas pelo Youtube e Facebook da Pascom Brasil.

Confira a programação completa:

10 de maio, às 20h – VINDE VER
A primeira atividade será a Leitura Orante da Palavra de Deus, na segunda-feira, 10 de maio, às 20h. O texto bíblico escolhido foi o Evangelho de João 1, 39-46, que contém o versículo que dá tema ao Dia Mundial das Comunicações Sociais deste ano. A condução será feita pelo bispo de Oeiras (PI), dom Edilson Nobre, membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. O roteiro para a Leitura Orante ficou a cargo do Projeto Cristonautas, um programa de treinamento em Lectio Divina para jovens, levando em consideração a Nova Evangelização, a grande Missão Continental e as tecnologias de informação e comunicação.

A leitura orante da Palavra de Deus é um dos métodos mais eficazes de se ter contato com a Palavra de Deus. Não se trata de fazer uma leitura corrida das páginas sagradas, mas uma leitura rezada. A Lectio Divina tem uma história de pelo menos 2.500 anos. No Antigo Testamento o povo de Israel rezava a Palavra e usava a Palavra para rezar. No livro de Neemias 8, 2-10 encontramos que o povo se reuniu para ouvir Neemias e ler o livro desde a manhã até ao meio dia. A leitura orante na ótica da comunicação é uma proposta sugerida pelo Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil no parágrafo 253, como uma forma de se vivenciar o eixo da espiritualidade.

“É fundamental que se cultive a espiritualidade do comunicador mediante retiros, “leitura orante” na ótica da comunicação, reflexões sobre os documentos da Igreja no campo da comunicação, e que o comunicador se alimente da Palavra de Deus e da Eucaristia. A espiritualidade do comunicador, bem como toda a espiritualidade da Igreja, inspira-se na Trindade, modelo da perfeita comunicação e comunhão no amor.” (DCIB, n. 253)

12 de maio, às 20h – GASTAR AS SOLAS DOS SAPATOS
A expressão citada pelo Papa Francisco em sua mensagem dá título à segunda noite formativa. Os membros do Grupo de Reflexão sobre Comunicação (Grecom) da CNBB fazem o aprofundamento da carta aos comunicadores na quarta-feira, 12 de maio, às 20h.

São integrantes do Grecom os pesquisadores Andréia Gripp, Aline Amaro, Joana Puntel, Moisés Sbardelotto, Mozahir Salomão Bruck, Ricardo Alvarenga, além do coordenador nacional da Pascom, Marcus Tullius, os assessores da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, Manuela Castro e padre Tiago Sibula, e os bispos da Comissão, dom Joaquim Mol e dom Edilson Nobre.

“A crise editorial corre o risco de levar a uma informação construída nas redações, diante do computador, nos terminais das agências, nas redes sociais, sem nunca sair à rua, sem ‘gastar a sola dos sapatos’, sem encontrar pessoas para procurar histórias ou verificar com os próprios olhos determinadas situações. Mas, se não nos abrimos ao encontro, permanecemos espectadores externos, apesar das inovações tecnológicas com a capacidade que têm de nos apresentar uma realidade engrandecida onde nos parece estar imersos”, afirma o Papa Francisco na mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2021.

14 de maio, às 20h – A CORAGEM DOS JORNALISTAS
A terceira noite de celebração do Dia Mundial das Comunicações Sociais contará com o testemunho de jornalistas e comunicadores, destacando a coragem dos jornalistas. A live será na sexta-feira, 14 de maio, às 20h e será conduzida por Alessandro Gomes e Osnilda Lima, presidente e vice-presidente da Signis Brasil – Associação Católica de Comunicação. Confira os jornalistas que irão partilhar sua vivência na comunicação.

Tainá Aragão. Manauara (AM), jornalista pela Universidade Federal de Roraima (UFRR) e Universidade de Brasília (UnB). Estudou cinema documental na Universidad de La Habana (Cuba). Atualmente vive em Santarém (PA). Trabalha principalmente com temas socioambientais, direitos territoriais, mudanças climáticas, grandes projetos de infraestrutura e povos tradicionais na Amazônia brasileira.

Janaina Souza. Jornalista formada pela Universidade Federal de Roraima, colaboradora da Rede de Notícias da Amazônia

Luis Miguel Modino. Padre Diocesano de Madri, Espanha. Missionário Fidei Donum no Brasil desde 2006. Vive em Manaus (AM), membro da Equipe de Comunicação do CELAM. Corresponsável de Religión Digital no Brasil. Colaborador de Vatican News e IHU – Instituto Humanitas Unisinos.

“Temos que agradecer à coragem e determinação de tantos profissionais (jornalistas, operadores de câmara, editores, cineastas que trabalham muitas vezes sob grandes riscos), se hoje conhecemos, por exemplo, a difícil condição das minorias perseguidas em várias partes do mundo, se muitos abusos e injustiças contra os pobres e contra a criação foram denunciados, se muitas guerras esquecidas foram noticiadas”, afirma o Papa Francisco no terceiro tópico da mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais.

16 de maio – DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS
No domingo da Ascensão do Senhor, comunicadores de todo o Brasil poderão celebrar o Dia Mundial das Comunicações por meio da transmissão de duas celebrações eucarísticas, em sua intenção, direto do Santuário Basílica de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté (MG). (Informações estão acima).

Dia Mundial das Comunicações
O Dia Mundial das Comunicações Sociais foi instituído pelo Decreto Inter Mirifica, do Concílio Vaticano II, em seu número 18: “Para reforçar o variado apostolado da Igreja por intermédio dos meios de comunicação social celebre-se anualmente, nas dioceses do mundo inteiro, um dia dedicado a ensinar aos fiéis seus deveres no que diz respeito aos meios de comunicação, a se orar pela causa e a recolher fundos para as iniciativas da Igreja nesse setor, segundo as necessidades do mundo católico”. E no dia 7 de maio de 1967, domingo da Ascensão do Senhor, celebrou-se pela primeira vez, no mundo inteiro, o dia Mundial das Comunicações Sociais.

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa268