19
Seg, Abr

O que é um jubileu? Um Ano Santo?

Mensagens do Bispo

A palavra jubileu se inspira no termo hebreu yobel, que faz alusão ao chifre de cordeiro, que servia como instrumento musical. Jubileu também tem uma raiz latina, iubilum, que representa um "grito de alegria". A celebração do jubileu consistia na comemoração de um ano sabático que tinha um significado particular para os judeus. Esta comemoração deveria ser realizada a cada 50 anos.

A palavra jubileu se inspira no termo hebreu yobel, que faz alusão ao chifre de cordeiro, que servia como instrumento musical. Jubileu também tem uma raiz latina, iubilum, que representa um "grito de alegria". A celebração do jubileu consistia na comemoração de um ano sabático que tinha um significado particular para os judeus. Esta comemoração deveria ser realizada a cada 50 anos.

No livro do Levítico, encontramos a seguinte descrição: "No dia da expiação vocês façam soar a trombeta no país inteiro. Declarem santo o qüinquagésimo ano e proclamem a libertação para todos os moradores do país. Será para vocês um ano de júbilo: cada um de vocês recuperará a sua propriedade e voltará para a sua família" (Lv 25, 9-10).

A Igreja Católica tomou como base o jubileu hebraico e lhe deu um sentido espiritual. Nesse ano se concede o perdão geral, indulgências e se faz um grande apelo à conversão, a aprofundar a relação com Deus e com o próximo. Por isso, cada Ano Santo é uma oportunidade para alimentar a fé e renovar o compromisso de ser discípulo missionário de Jesus Cristo.

O primeiro jubileu foi convocado no ano 1300 pelo Papa Bonifácio VIII. Estabeleceu-se que os seguintes jubileus se comemorassem a cada 25 anos, com o objetivo de que cada geração experimentasse pelo menos um, em sua vida. O rito inicial do Jubileu começa com a abertura da Porta Santa na Basílica de São Pedro. Esta porta só se abre durante o Ano Santo.

A abertura da porta significa que se abre um caminho extraordinário para a salvação. O Papa deve tocar a porta com um martelo por três vezes, enquanto se diz: "Abram-me as portas da justiça; entrando por elas confessarei ao Senhor". Quando se abrem as portas, entoa-se o Te Deum e o Papa atravessa a porta junto com seus acompanhantes e todo o povo.

O jubileu pode ser ordinário ou extraordinário. A celebração do Ano Santo Ordinário acontece, como vimos acima, em um intervalo de anos já estabelecido. Já o Ano Santo Extraordinário se proclama como celebração de um fato destacado. O último jubileu da Igreja foi proclamado pelo Papa João Paulo II para comemorar os 2.000 anos do nascimento de Jesus Cristo.

No dia 11 de abril, vigília do 2º Domingo de Páscoa ou da Divina Misericórdia, o Papa Francisco anunciou a celebração de um Jubileu Extraordinário da Misericórdia, "como tempo favorável para a Igreja, a fim de se tornar mais forte e eficaz o testemunho dos crentes" (MV, 3). O Ano Santo da Misericórdia terá início no dia 8 de dezembro de 2015, Solenidade da Imaculada Conceição e terminará no dia 20 de novembro de 2016, Solenidade litúrgica de Jesus Cristo, Rei do Universo.

O Papa Francisco estabelece, ainda, que se abra uma Porta da Misericórdia em cada Igreja particular, no Terceiro Domingo do Advento. A porta santa poderá ser aberta na Catedral, que é a Igreja-Mãe para todos os fiéis, ou na Concatedral ou então numa Igreja de significado especial e, por opção do Ordinário, a mesma poderá ser aberta também nos Santuários, meta de muitos peregrinos que frequentemente, nestes lugares sagrados, se sentem tocados no coração pela graça e encontram o caminho da conversão (cf. MV, 3).

Preparemos nossos corações, nossas comunidades e toda a nossa diocese para viver o Ano Santo da Misericórdia. Fixemos nosso olhar na misericórdia, para nos tornarmos, nós mesmos, sinal eficaz do agir do Pai.       

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa266