17
Sab, Abr

Homilia da Missa em Aparecida

Mensagens do Bispo

Amados Irmãos e Irmãs

Neste último dia do mês da Bíblia, celebramos a memória do grande "tradutor e exegeta das Sagradas Escrituras": São Jerônimo, presbítero e doutor da Igreja. A grande obra de sua vida foi, sem dúvida, a tradução da Bíblia para o latim, conhecida por Vulgata. A Igreja declarou-o padroeiro de todos os que se dedicam ao estudo da Bíblia e fixou o "Dia da Bíblia" no mês do aniversário de sua morte, ou melhor, no dia da sua posse, da grande promessa bíblica: a Vida Eterna. Hoje também celebramos o Dia do Secretário e da Secretária, dando graças a Deus por seu importante trabalho na sociedade. É de São Jerônimo a célebre frase: "Ignorar as Escrituras é ignorar a Cristo".

O evangelho que acabamos de ouvir, narra a grande viagem de Jesus da Galileia para Jerusalém. Estamos nos aproximando do cumprimento do plano de Deus, que inaugura uma nova etapa da história da salvação. Trata-se da "partida" de Jesus, da passagem para o Pai. Por meio do termo partida, evoca-se seguramente a sua morte e ressurreição, ou seja, o conjunto do mistério pascal. A decisão de Jesus, de partir para Jerusalém, é um elemento essencial da sua missão. Jesus sabe que para realizar integralmente a missão para a qual o Pai o enviou, deverá passar por grandes sofrimentos.

A viagem para Jerusalém começa e logo a comitiva encontra alguns que desejam lhe impedir a caminhada. A oposição dos samaritanos e a reação precipitada de Tiago e João, mostra o que o discípulo de Jesus não deve fazer. Os discípulos perguntaram a Jesus: "Senhor, queres que mandemos que desça fogo do céu para destruí-los?" Os discípulos pensam em um messianismo espetacular e poderoso, ainda não compreenderam que a atitude de Jesus é sempre de misericórdia e não de destruição. Jesus voltou-se e repreendeu-os porque fizeram uma proposta insensata.

Jesus quer afastar o espírito de ódio e de vingança de seus discípulos, como nos lembrou recentemente o papa Francisco: "Deus amor que nos criastes e chamais a viver como irmãos... mantende acesa em nós a chama da esperança para efetuar, com paciente perseverança, opções de diálogo e reconciliação, para que vença finalmente a paz. E que do coração de todo homem sejam banidas as palavras: divisão, ódio, guerra! Senhor, desarmai a língua e as mãos, renovai os corações e as mentes, para que a palavra que nos faz encontrar seja sempre "irmão", e o estilo da nossa vida se torne: shalom, paz, Salam!" (08.06.2014).

Assim como Jesus partiu para Jerusalém, para cumprir a missão que o Pai lhe deu, hoje a Virgem Maria parte para a Diocese de Marília. Que a presença materna de Maria, peregrinando em nossa Diocese, nos ajude ser uma Igreja em saída, com uma grande ousadia missionária. Que possamos juntos, buscar novos caminhos, para que a alegria do Evangelho chegue a todos, e que nenhum recanto de nossa Diocese fique privado da sua luz.

Maria, estrela da nova evangelização, rogai por nós. Amém!

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa266