15
Ter, Out
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Guia Pastoral Diocesano 2019
Clique aqui para baixar

O desenvolvimento dos povos

Espaço dos Leigos

Por Grupo Fé e Política Francisco de Assis
Terça, 26 Fevereiro 2013

É aspiração de todo ser humano a liberdade. A liberdade que traduz o plano de Deus em cada pessoa. Ser livre significa poder expressar através do corpo e do intelecto o compromisso pela construção do “Céu” aqui na Terra. Não é livre toda e qualquer pessoa que padece de privações relativas à subsistência, à saúde, à moradia e de todo bem-estar que deve caracterizar a convivência dos filhos de Deus. Também não é livre todo aquele que por ações políticas fundamentam teorias e ações que sustentam essas privações.

A Igreja de Cristo fiel ao ensino e exemplo do Seu divino fundador deve cuidar para que o povo de Deus possa experimentar a liberdade que permite a manifestação do Reino de Deus aqui na Terra. Essa Igreja porque conhecedora da humanidade e de suas angustias, sem se imiscuir na política dos Estados, deve, sobre o impulso do Espírito consolador, continuar a obra própria do Cristo que veio ao mundo para dar testemunho da verdade, para salvar, não para condenar, para servir, não para ser servido, para acolher e não para ser acolhido.

O Corpo de Cristo, a Igreja, foi fundado para estabelecer neste mundo o Reino do Céu e não para conquistar um poder terrestre, vivendo a história, deve estar atenta aos sinais dos tempos e interpretá-los a luz do Evangelho para oferecer, a cada homem e a cada mulher, oportunidades para alcançar o pleno desenvolvimento.

Sem o acompanhamento e suporte da Igreja o homem na concretude de suas aspirações pode dar lugar a violência e agitações oferecendo terreno fecundo ao surgimento de ideologias totalitárias que contrariam o plano de Deus para a humanidade. Os cristãos, membros do Corpo de Cristo, têm a tarefa de contribuir para que o povo de Deus seja liberto de toda forma de opressão e injustiça, inicialmente pela caridade assistencial concluindo com projetos e ações que promovam a superação das diferentes formas de dependência. Fugir dessa missão é pecar por omissão.

A Paróquia Santa Antonieta através do Grupo Fé e Política Francisco de Assis se colocam no trabalho de contribuir, dentro dos parâmetros cristãos, para que todo ser humano alcance e experimente plenamente as suas aspirações. Esse trabalho se efetiva por meio de encontros que se realizam em toda terceira quinta feira de cada mês. Anima cada encontro a oração, a informação, a formação e a organização das ações necessárias à superação das estruturas que dificultam a convivência fraterna em consonância com o plano do Pai.

FUNDAMENTAÇÃO: Carta encíclica de sua Santidade o Papa Paulo VI, sobre o desenvolvimento dos povos.

capa254