17
Sab, Abr

O diamante calçando a porta

Padres e seminaristas

"Se aceitares, meu filho, minhas palavras e conservares os meus preceitos... se o procurares como o dinheiro e o buscares como um tesouro... encontrarás o conhecimento de Deus" (Provérbios 2, 1.4.5b).

"Se aceitares, meu filho, minhas palavras e conservares os meus preceitos... se o procurares como o dinheiro e o buscares como um tesouro... encontrarás o conhecimento de Deus" (Provérbios 2, 1.4.5b).

Era uma vez um senhor que estava pescando em um rio, bem no meio da floresta. De repente, encontrou, na beira do rio, a casa de uma família. Ele aproximou-se da casa e foi muito bem recebido pela família.

Logo que entrou na casa, o pescador viu uma pedra calçando a porta, e a conheceu: Diamante de altíssimo valor. Pegou a pedra, examinou-a e confirmou. Era mesmo diamante, um tesouro valiosíssimo.

Então, disse ao dono da casa:

— Esta pedra é diamante puro. Ela vale muitos milhões de reais. O dono da casa respondeu:

— A gente não sabia! Encontramos esta pedra no rio, achamos bonita e trouxemos para calçar a porta.

Reflexão

A Bíblia, em muitas casas, infelizmente pode ser comparada com aquela pedra. Apesar do seu altíssimo valor, ela fica esquecida e desprezada, quase calçando uma porta, ou como enfeite de sala.

E você, tem usado a Bíblia como seu grande tesouro?

Pense nisso!!!!

Publicado No Jornal no Meio de Nós - edição de outubro/14

valdoPe. Valdo Bartolomeu de Santana
Vigário Episcopal da Região III
Pároco da Nossa Senhora da Glória de Tupi Paulista
(O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).

 

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTUS VIVIT
clique para baixar
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade”
Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate: chamado à santidade” é lançada pelo papa
Área de arquivos
Materiais disponibilizados pela Diocese e pelas pastorais

capa266